Justiça

Promotor de Justiça Militar contesta decisão do STJ acerca de conflito sobre julgamento de militares

Adriano Alves Marreiros, membro do Ministério Público Militar da União, escritor e mestre em Direito, deu entrevista exclusiva ao Portal e TV JTNEWS contestando a decisão do Superior Tribunal de Justiça acerca de conflito de competência entre o Juízo Auditor da Justiça Militar do Estado do Maranhão e o Juízo de Direito da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Teresina no Piauí, que decidiu ser crime de competência da Justiça Comum o fato de policial militar que cometeu homicídio contra também policial militar, ambos da ativa.