Giulieny Matos

Gosta do cotidiano. É especialista em segurança pública e educadora autônoma. Formada pela Unb, trabalha atualmente em prol da prevenção precoce da violência. Colaboradora da Magazine Internacional IPA Brazil. Possui 12 livros publicados.
Gosta do cotidiano. É especialista em segurança pública e educadora autônoma. Formada pela Unb, trabalha atualmente em prol da prevenção precoce da violência. Colaboradora da Magazine Internacional IPA Brazil. Possui 12 livros publicados.

O Pai da Improbabilidade

Até jovens inusitados podem ser pais! Conheça a história de um jovem pai tetraplégico. Verdade verdadeiríssima!

Menino. Nascido tetraplégico. Criado com esmero para os estudos. Mesmo com suas dificuldades físicas, um sucesso! Formado com explendor em dois cursos superiores, um deles... jornalismo. O seu grau de comprometimento é grande. É preciso dar-lhe comida na boca, e, de em quando em vez, colocar seu pescoço no lugar, porque cai.

Foto: Giulieny Matos/JTNEWSCadeira de rodas

Certa ocasião, a família precisou se mudar para outro estado desta federação, tão extensa, em virtude do trabalho do pai. O jovem contava com aproximadamente 18 ou 19 anos. Foi necessário procurar uma auxiliar para ajudar nos serviços do lar. Contrataram Maria... senhora, casada, muito boa pessoa, recomendada!

Muitos anos depois,  a família voltou a morar em Brasília. Sua mãe até ajudava a uma boa moça, com seu bebê, em consideração, por haver trabalhado por um tempo em sua residência, durante a primeira moradia no Distrito Federal.

Dia de Natal. O clima de festa foi interropido para qualquer comemoração daquela mãe de família, pois descobrira, naquela noite, que seu marido teve uma filha com essa tal moça, que trabalhara em sua casa, contanto agora 18 anos de idade.

O filho - aquele nosso menino do começo da história, já um homem feito, diante de tantas revelações e confissões, resolveu se abrir também para sua mãe e disse-lhe: "- Já que todo mundo está fazendo suas revelações, também tenho uma.

"- EU SOU PAI!"

A mãe, ainda meio tonta, sem digerir direito a informação, não estava acreditando no que escutara, "- Com quem?", perguntou surpresa meio sem saber o que falar. " - Com a Maria, lá do outro Estado!", respondeu o filho.

"- Impossível!?!?!" disse a mãe.

No entanto, DNA positivo!

Verdade verdadeiríssima. Contaram pra mim, e eu contei aqui.

Ser pai é uma benção de vida.

FELIZ DIA DOS PAIS!

A vida é sempre bem vinda!

Já viu?

- Que estranha confusão de sentimentos e desejos causa essa pandemia!

- Com tantas mortes pelo COVID-19, até a recepção no céu mudou... confira!

- Você toma sol? Confira aqui... O resgate do deus Sol!

Comentários